A oportunidade

A oportunidade

domingo, 29 de maio de 2011

Quero compartilhar um bela musica de Ludmila Feber que tocou muito ao meu coração esta noite.
Desejo ter MAIS de Deus em minha vida...

Ouço Deus Me Chamar


Alta madrugada vai, já estou deitado, mas
Ouço Deus me chamar
Sua voz suave é como um sussurro
Ouço Deus me chamar
Meu coração se aperta, eu ando tão cansado
Tenho trabalhado tanto...
Meu coração se aperta ao ouvi-Lo me chamando
Me chamando, me chamando, me chamando, me chamando

Eu vou, já estou indo ao Teu encontro, Senhor
Vou correndo ao Teu encontro,

Nem que seja pra ficarmos em silêncio a sós (Senhor, só nós!)
Nem que seja simplesmente pelo prazer de ouvir Tua voz.

Não há como desprezar o Teu chamado
Não há como rejeitar Sua Presença


video

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Há vagas!



Precisa-se de pontos de LUZ em meio a escuridão das noites frias do sertão....







Vós sois a luz do mundo... Vamos anunciar o evangelho da paz e
ter ações de irmãos ...!


quarta-feira, 18 de maio de 2011

Uso racional de medicamentos



Você, amigo leitor, com certeza já ouviu esta frase : "De médico e louco todo mundo tem um pouco" .Muitos a tem como verdade absoluta e aiii...quando vem aquela dor de cabeça ou resfriado, colica ,diarréia... enfim , qualquer dor , embalados neste ditado muitas pessoas, ouvem "n" conselhos dados por vizinhas , amigas , parentes (que acreditam ser um pouco de medico/a , também) e tomam aquele" remedinho" que acredita passar a terrível DOR!

Porém , com o passar do tempo como será que o seu organismo ficará após tomar tanto medicamento , a maioria das vezes ,sem prescrição medica ou sem necessidade?

Opa! Quando digo "sem necessidade" estou me referindo a outras alternativas de aliviar dores como a dor de
cabeça... chá , massagens,ou até uma boa sonequinha!

Cada fármaco tem indicações, contra-indicações , efeitos colaterais, e dosagens diferentes para cada faixa etária. Por isso é necessário o auxilio de um farmacêutico na escolha do medicamento que melhor agirá na enfermidade. Nem sempre o fármaco que um determinada pessoa utilizou para tratamento da enfermidade "X" será adequada para o tratamento da mesma enfermidade em outra pessoa.

A população precisa ter consciência das implicações do uso aleatório de medicamentos para diminuir o uso indiscriminado e evitarmos maiores complicações , alem de melhorar a qualidade de vida .

Devido a importância desta temática, a Universidade Estadual de Feira de Santana (minha amada UEFS) realizará o I Simpósio sobre Uso Racional de Medicamentos , de 1° a 4 de junho , direcionado a estudantes e profissionais de saúde .É o resultado das atividades desenvolvidas no Programa de Promoção do Uso Racional de Medicamentos na Atenção Básica do Município de Feira de Santana, no Programa de Promoção do Uso Adequado de Plantas Medicinais e Fitoterápicos pela população dos municípios do semi-árido baiano e no Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde da Uefs (PET-Saúde da Família) .
Conforme o professor Bruno Rodrigues Alencar, membro da comissão organizadora do evento, o Simpósio será “uma oportunidade de discussão deste tema atual e pouco abordado na área de saúde”. Ele acrescenta que o conceito de uso racional de medicamentos representa um marco de atuação e sinaliza muito claramente que apenas o acesso aos medicamentos não é suficiente para resolver situações de saúde. “É necessário ter a atitude de usá-los apropriadamente e, para isso, é fundamental a reorganização dos serviços e o conhecimento e a prática dos profissionais de saúde se fundamentem em evidências científicas”, enfatizou.

Abrindo um parêntese: "Eu,com certeza,estarei lá. E vc?"


Informações sobre inscrições e programação estão disponíveis no blogsimposiourm.blogspot.com.

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Relatos de experiência

Aiai..escrever é uma atividade árdua mas apaixonante...amantes da literatura sabem muito bem do que estou falando... Dependendo do que redigimos , podemos levar dias e dias debruçados em papéis ,calos nos dedos,entre outras dores..rs
Mas enfim, o ser humano ,comunicativo e busca deixar escrito suas experiências e vivências para outras gerações!

O meu foco de hoje é falar um pouco sobre relatos de experiência, exatamente! Foi temática de uma das discussões do grupo tutorial que participo (Pet-Saúde da Familía) e isso me auxiliou escrever uma breve postagem sobre a estrutura de relatos de experiência a partir da análise de dois artigos bastante
interessante (para mim que faço enfermagem, talvez se você ,amigo leitor , faz outro curso
não goste tanto assim da temática) que serão citados nas referências.

Bem, a estrutura basicamente é compreendida em:
  • Introdução: apresentamos os envolvidos na prática que dá origem ao relato, onde foi realizado, objetivos do trabalho, qual a relevância da problemática....
  • Revisão da literatura ou referencial teórico : este tópico pode ser colocado na introdução (depende de seu desenvolvimento, articulação de idéias). Busca-se no meio científico, outras pessoas que já tenham discutido /escrito/falado sobre a temática escolhida e sintetizamos as idéias.
  • Metodologia: neste momento é feito um detalhamento do método utilizado na atividade que resultará no relato. Apresenta-se o contexto , passo-a-passo os procedimentos,somente.
  • Discussão e resultados: Neste ponto, será abordado os resultados e síntese das conclusões, aliado à análise destas. Comentários críticos são de fundamental importância para a pratica profissional e futuro aperfeiçoamento.Pode-se apresentar se foram alcançados objetivos, se houve dificuldades ao realizar a prática , o que o trabalho contribuiu para aquele publico ou comunidade ou sua vida acadêmica, ou meio científico.
O mais importante ,porém , é o que tal atividade ( oficina , um estágio, um evento) contribuiu para seu avanço intelectual, pessoal... é saber que de alguma forma você está em crescimento e , outras pessoas cresceram com você .

“Ninguém educa ninguém, ninguém se educa sozinho, os homens se educam entre si, mediatizados pelo mundo” (Paulo Freire)



Referências (eletrônicas):




domingo, 8 de maio de 2011

HIPERTENSÃO


Hipertensão é uma temática bastante discutida , visto que atinge uma grande massa populacional,porém muitos mitos para se desvendar . Por isso pretendo em algumas postagens discutir a Hipertensão, dá algumas dicas sobre hábitos de vida saudáveis e abordar a problemática desta doença.




Vejo a crueldade humana....
Escandalizada fico, mas paralisada também,
o que fazer diante de barbaridades?

Negar o pão? NUNCA!
Estenda sua mão , amigo...venha conosco!
LUTAR e LUTAR e vencer, talvez...

Pra que belos discursos ?
O povo têm fome... não só de comida!

A alma anseia por mais ...e eles querem mais...
e eu quero mais.... e vc? O que quer?